• Concursos

    Governo do Estado do Amazonas autoriza processo seletivo

    O governador do Estado do Amazonas está prestes a autorizar o concurso público para a recomposição do quadro da Polícia Militar. Confira as informações abaixo:

    O que ainda está servindo de empecilho para que haja a realização do Concurso PM AM 2019 são problemas no orçamento do Estado, mas assim que houver melhorias nas contas públicas, o governador prometeu que anunciará a autorização oficial do concurso.

    Outra informação que vem assegurar que o anúncio do concurso está próximo é a entrevista concedida pelo sargento Roque Santos, presidente da Associação de Praças da Polícia e Bombeiro Militar (APPM).

    Ao site Amazonas Notícias ele informou que aproximadamente 2.600 vagas deverão surgir em breve, já que soldados, cabos e sargentos da Polícia Militar do estado estão aptos a pedir reserva do serviço e essa solicitação deve ser feita ainda em 2016.

    Esse número equivale a 10% do efetivo da tropa que conta com quase 30 mil policiais militares. Analisando por este prisma, o novo concurso é de vital importância para a recomposição do efetivo da Polícia Militar do Amazonas.

    Sendo assim, os candidatos devem intensificar os estudos, pois é do conhecimento de todos que o Concurso da Polícia Militar do Estado do Amazonas costuma ser um dos mais concorridos do Brasil, na área militar.

    Outro fator animador, além do fato da quantidade de vagas, é que existe a grande possibilidade de convocação dos candidatos excedentes. A remuneração inicial prevista é em torno de R$ 3.000,00.

    Uma das maneiras de obter sucesso na prova é ter conhecimento do conteúdo programático do último edital, pois assim, o candidato já antecipa a sua preparação para o concurso. No geral, poucas são as alterações feitas, já que procuram manter o mesmo padrão do conteúdo do edital anterior.

    No último concurso da Polícia Militar do Amazonas, ocorrido em 2012, foi exigido ensino médio completo ou curso técnico equivalente, expedido por instituição de Ensino reconhecida pelo MEC, idade de 18 a 30 anos, completados até a data da matrícula para o curso de formação, altura mínima de 1,60 m para mulheres e 1,65 m para homens e carteira de habilitação B. A taxa de inscrição cobrada foi de R$ 70,00 e a remuneração inicial foi de R$ 2.197,78.

    Tendo como organizadora a Fundação Carlos Chagas, a seleção foi dividida em duas etapas. A primeira etapa, que constou de questões objetivas, teve um total de 80 questões. As matérias cobradas nesta primeira etapa foram Língua Portuguesa, história do Brasil, geografia do Brasil, noções de direito (constitucional, humanos e penal) e noções de Igualdade Racial e de Gênero.

    A segunda etapa, que foi a parte discursiva, foi composta de redação.  Os candidatos aprovados passaram por exames odontológicos e psicológicos, teste de aptidão física e investigação social, além de um curso de Formação Profissional.

    Não perca tempo e comece agora mesmo a estudar para o Concurso PM AM 2019.